ECOPLAST® – Aditivo Super Plastificante para Concreto e Argamassa

ECOPLAST® é um aditivo para concreto, pronto para o uso e livre de cloretos; para produção de concretos fluídos, auto-nivelantes, auto-adensáveis e concretos
de alto desempenho (CAD), quando se requer maior durabilidade e desempenho. Proporciona super fluidez/plastificação e alta redução água, tornado o concreto com maior
trabalhabilidade sem alteração do tempo de pega. Compatível com todos os tipos de cimento Portland.

Descrição

ECOPLAST – Melhora a Fluidez com Redução de Água.

ECOPLAST foi desenvolvido para apresentar melhor manutenção de abatimento e resistência a segregação, proporcionando um efeito altamente dispersante. É o aditivo indicado para a produção de concretos pré-moldados ou pré-fabricados, devido ao seu efeito altamente dispersante, o que também faz com que ele seja indicado para Concretos Auto Adensáveis.

ECOPLAST está formulado para cumprir com as especificações de Aditivos Químicos para Concreto, de acordo com as normas ABNT NBR 11.768/2011 como SP II, ASTM C494, como aditivo Tipo A e F e ASTM C1017 Tipo I.

ECOPLAST produz concreto com características extremamente trabalháveis, também conhecido como concreto de alto abatimento ou elevada fluidez. Além disso, permite que o concreto seja produzido com relações água/cimento muito baixas, proporcionando alta resistência.

ECOPLAST possui uma formulação especial que incorpora microbolhas de ar estáveis no concreto, permitindo uma melhor trabalhabilidade e melhor controle da exsudação.

ECOPLAST é ideal para uso em concretos no qual se deseja reduzir a relação água/cimento, mantendo a mesma trabalhabilidade ou então aumentar a trabalhabilidade mantendo a mesma relação água/cimento.

ECOPLAST é destinado ao uso em concreto dosado em central, em concretos de elevada resistência e durabilidade, concretos altamente fluídos e também na fabricação de concreto pré-moldado.

Concreto pré-fabricado ou pré-moldado produzido com ECOPLAST fornece os seguintes benefícios:

  • Trabalho reduzido e produtividade melhorada pela rápida e fácil colocação do concreto sem vibração;
  • A alta qualidade do acabamento da superfície reduz a necessidade de retoques de acabamento;
  • Reduz o desgaste das formas pela eliminação de vibração;
  • Melhora a segurança no trabalho, reduzindo o barulho e portanto melhorando o ambiente de trabalho;
  • Flexibilidade na produção, uma vez que viabiliza o uso de novas formas geométricas e designs onde a colocação de mistura de concreto convencional seria muito difícil ou impossível;

São necessários ensaios prévios para determinação da dosagem ideal para atender as características do concreto, tanto no estado plástico quanto endurecido.


DOSAGEM :

Dosagem Sugerida: de 0,30% a 1,0% sobre a massa de cimento, p. ex.: 0,3% = 300 ml/100 kg de cimento.


UTILIZAÇÃO :

O aditivo ECOPLAST, conforme consta em sua descrição, é um superplastificante, linha policarboxilato. Uma de suas características é a formação de microbolhas. Esta característica permite estabilizar as bolhas dos concretos celulares, facilitando seu bombeamento. É adicionado no final da mistura do concreto celular, dosagem a ser definida através de testes prévios.

A utilização desse aditivo para outras finalidades, tal como Radier, permite um concreto muito plástico e com facilidade de aplicação, inclusive essas microbolhas, permitem maior controle da exsudação. No entanto, são necessários estudos prévios para verificar a interferência em relação às resistências (redução), vai depender do teor de ar incorporado introduzido, dosagem do aditivo e das características das matérias primas. Algumas práticas das concreteiras em utilizarem traços de concreto de linha, e só adicionar o aditivo ECOPLAST ou outros da mesma linha, podem incorrer a erros ou mesmo desqualificar o aditivo por inexperiência na sua utilização. Por esta razão, recomendam-se estudos específicos de dosagem por tecnologistas de concreto.

Sugestão prática de dosagem do aditivo na OBRA:

Pensando somente em plasticidade, facilidade de aplicação, fluidez do concreto. Normalmente as concreteiras partem de um Slump Test INICIAL da ordem de 40 mm +/10 mm, na obra.

Sequencia de operação:

  • Trazer o concreto para “boca” da betoneira.
  • Com um tubo Ø 4 “ (100 mm) , comprimento de +/- 2,0 m , introduzir no balão sobre o concreto.
  • Com um balde dosador, adicione o aditivo neste tubo, de forma que o aditivo caia sobre o concreto (não nas facas).
  • Retorne o concreto lentamente para o fundo do balão e posteriormente “bater o concreto” pelo menos por 5 minutos, na velocidade do balão 16 rpm. Neste processo, faça pelo menos 2 movimentos de “Vai e Vem” do concreto até a boca da betoneira, para que o aditivo que eventualmente aderiu às facas da betoneira seja absorvido pelo concreto.
  • Se o concreto estiver na plasticidade desejada, inicie a descarga. Caso contrário adicione mais um pouco de aditivo adotando os mesmos procedimentos.
  • Quando não se tem estudos prévios, pode-se adotar para 1ª tentativa, considerando como exemplo, um concreto com Slump Test INICIAL da ordem de 30 mm a 40 mm, uma dosagem de 0,30 % do aditivo sobre cimento, aumentando, se necessário de 0,10 % em 0,10 % até obter o resultado desejado. Pode ter dosagens maiores, requer estudos prévios, faixa recomendada de 0,30 % a 1,20 % sobre cimento.
  • Para as viagens subsequentes, adote a dosagem do aditivo que melhor se comportou desde que o Slump Test INICIAL seja o mesmo.

Dados Técnicos


ECOPLAST – ficha do produto (PDF)

ECOPLAST – ficha de segurança FISPQ (PDF)